Aprenda o que é storytelling e como usar na sua aula

10 de junho de 2022


Você sabe o que é storytelling e como a técnica pode te ajudar a envolver seus alunos no dia a dia da sala de aula? Vem que a gente te conta!

O que é storytelling?

Storytelling vem do inglês: “story” significa história e “telling” significa contar. Podemos resumir o conceito como a arte de contar boas histórias usando técnicas inspiradas nos profissionais da área da escrita, escritores e roteiristas.

Mas, se pararmos bem para pensar, a narrativa oral — e a escrita um pouco depois — faz parte da vida humana desde que deixamos a África há cerca de 200.000 anos. Contar histórias pode ter sido o motivo pela qual a linguagem se desenvolveu quando os homens de então começaram a indagar, admirar e pensar. 

Não usamos mais cavernas e desenhos rupestres, mas contar histórias segue como uma forma de comunicação importante. Todos nós contamos histórias o tempo todo. Seja resumindo seu dia para alguém, narrando um fato, contando uma piada, a história da sua vida, fofocas… A lista é infinita, pois nossos cérebros são programados para pensar e expressar em termos de começo, meio e fim. É como entendemos o mundo.

Como inserir o storytelling na educação 

Você, professor, se vê como um bom contador de histórias? Pois, se não, está na hora de mudar isso, afinal, educadores usam o storytelling na educação mesmo que não saibam o que é storytelling.

Como? Se você pensa que contar histórias é algo sempre exagerado e teatral, está errado. Pode ser um processo mais contido, tal qual o utilizado por você na sala de aula para explicar um conceito de forma a trazer a atenção dos alunos para isso. 

O que o storytelling na educação pode oferecer?

As histórias criam magia e uma sensação de admiração pelo mundo. Ensinam sobre a vida, sobre nós mesmos e sobre os outros. Contar histórias é uma maneira única de os alunos desenvolverem compreensão, respeito e apreciação por variadas ideias.

Quer fazer isso com intenção?

Agora que você sabe o que é storytelling, que tal levá-lo para sua sala de aula? 

  • Comprometa-se com a história e com o seu público;
  • Use modulação de voz e dramatize;
  • Conte suas histórias com gestos, linguagem corporal e movimento;
  • Crie imagens mentais por meio de descrições feitas com todos os sentidos;
  • Use metáforas;
  • Faça contato visual com cada um de seus alunos para enfatizar o que é importante;
  • Incentive a interação por meio de perguntas;
  • Lembre-se: para qualquer conceito, uma história vai precisar de um personagem, ambiente, conflito e uma mensagem. 

Compartilhe suas próprias experiências com os alunos

Quando a turma tiver dificuldade em entender um conceito, compartilhe uma história sobre seu passado e experiência como um jovem estudante. Isso faz com que te vejam como alguém que os entende e o que estão passando.

Introduza um novo tópico por meio de uma história

Contar uma história é um ótimo quebra-gelo e uma forma de introduzir um conceito. Permite que os alunos retenham informações de uma maneira mais criativa e memorável. Pode até provocar o interesse deles em aprender mais. 

Motive os alunos

Para isso, use o movimento, faça com que a turma repita frases específicas e participe da história. A depender da disciplina e do que está sendo ensinado, você pode usar música e recursos visuais para ajudar a contar a história. 

Ensine gramática e vocabulário

Uma história pode ser contada no passado, presente ou futuro; pode usar estilos de linguagem mais antigos, modernos, rebuscados ou simples. Da mesma forma, incorporar sinônimos e antônimos, adjetivos descritivos e por aí vai. Você pode escolher um tópico e pedir aos alunos que escutem com atenção para destacar na história contada ou lida onde esse tópico aparece.

Permita que os alunos sejam os contadores

Ensine o que é storytelling e deixe que os alunos usem nas tarefas. Eles podem escrever focados em técnicas de persuasão, jornada do herói, bem como, ler histórias e identificar essas técnicas ou mesmo encenar uma história. 

Uma boa ideia é: depois de lerem uma história, peça que a reescrevam a partir de outro ponto de vista, criem uma continuação ou seu próprio final. 

Um bom plano de aula storytelling pode ter como ponto de partida uma pergunta norteadora, mas de respostas abertas, para trazer o conteúdo sempre o contextualizando e relacionando com temáticas que despertem o interesse dos estudantes e fechar com uma nova questão, mais específica, curiosa, que os leve a pensar além.