Combate à evasão escolar: estratégias e planejamentos para diminuir casos

8 de setembro de 2022


Segundo dados do Censo Escolar 2021, mais de 650 mil crianças saíram da escola durante a pandemia. O tema, que já era preocupante em um cenário anterior, após as complicações da Covid-19, encontrou novos aspectos e trouxe mais desafios ao combate à evasão escolar.

Para alguns alunos, a evasão é resultado do acúmulo de anos de obstáculos acadêmicos. Para outros, é uma resposta a pressões econômicas, sociais e/ou interpessoais, como a necessidade de ajudar a sustentar sua família ou as demandas, como cuidar de irmãos ou de seu próprio filho.

Também pode ser sobre não se encaixar e não ver nenhuma conexão da escola com a vida “real”, bem como escolas com poucos recursos para atender às múltiplas necessidades emocionais e acadêmicas de seus jovens mais vulneráveis.

Vale ressaltar que um dos maiores aumentos de evasão escolar nesse período aconteceu na Educação Infantil de instituições privadas, vista por alguns como um “luxo” que pode ser cortado.

LEIA TAMBÉM: Quais são os eixos da Educação Infantil? 

Seja qual for o estopim, geralmente sistêmico, a evasão escolar exige uma coalizão de professores, líderes escolares, políticos, membros da comunidade, pais e muitas outras figuras. Mas, isso não significa que não há pequenos passos que possam ser dados no dia a dia e que são capazes de atenuar este cenário.

Combate a evasão escolar

Aqui estão algumas soluções para a evasão escolar:

Conte a história real

Apresente a turma, principalmente aos mais velhos, dados sobre como a evasão escolar pode afetar aspectos como o sucesso na vida, bem-estar, expectativas de renda e de vida. Lembre-se de justificar essas estatísticas por meio de palestrantes, convidados, ex-alunos dispostos a compartilhar suas experiências, etc.

Colaboração Escola-Comunidade

Uma comunidade engajada e receptiva é onde todos são responsáveis ​​pela qualidade da educação, em que os jovens podem prosperar e alcançar seus sonhos apoiados em uma sólida estrutura.

Isso inclui criar, cultivar e aprofundar uma relação escola-família também.

Invista em ambiente positivo para estar

Quando os alunos gostam da escola, vão querer participar e permanecer nela,  o que exige ambientes de aprendizagem seguros, um plano de prevenção da violência e resolução de conflitos, assim como com uma gestão de crises. 

Use a tecnologia para envolver os alunos

Em vez de competir, use a tecnologia como uma ferramenta para reforçar o aprendizado, manter a atenção dos estudantes e se aproximar das famílias. O ideal é pensar em maneiras de incorporar a tecnologia que os alunos já usam e a tecnologia que pode deixá-los empolgados com se manter na escola.

Invista em parcerias sob medida

Nisso a Editora do Brasil pode ajudar educadores e gestores escolares. Como uma empresa que faz parte de todas as etapas do aprendizado, além de oferecer livros e materiais didáticos essenciais, que vão desde a literatura e Educação Infantil até a formação de professores, a editora se preocupa com a facilidade de acesso aos seus ricos conteúdos por parte dos estudantes. 

Foi assim que foi criado o programa Família Inteligente Economiza, que oferece descontos às famílias e vantagens para as instituições de ensino que a ele aderirem. 

A situação do mercado de educação vem passando por mudanças de adaptação à crise financeira. Muitos pais e responsáveis optam por colocar suas crianças e seus jovens na rede pública de ensino, o que pode levar pequenas e médias escolas privadas a encerrarem as atividades. Com o Família Inteligente Economiza é possível atuar diretamente no problema e fundamentar processos.

Como funciona o programa Família Inteligente Economiza?

  • Por meio de um contrato, a escola adota as coleções didáticas da Editora do Brasil e adere à solução Família Inteligente Economiza; 
  • De acordo com as especificações de cada contrato, a Editora do Brasil negocia um desconto diferenciado para a instituição;
  • A escola repassa parte do desconto para os pais e responsáveis dos alunos que comprarem os livros pela loja virtual da Editora do Brasil; 
  • A instituição de ensino receberá uma bonificação referente a essas compras. 

Mais de 2.000 escolas e 250 mil famílias já foram beneficiadas com a solução, que pode atuar diretamente na redução de custos das famílias e influenciar a opção por seguir na educação privada.

Revista arco43 - 7 Edição