Por que abordar a história de Romeu e Julieta no Ensino Médio?

3 de junho de 2022


A história de Romeu e Julieta é provavelmente a mais conhecida das tragédias de Shakespeare e não é à toa. A peça envolve temas universais ao apelo de um amor proibido: conflito comunitário e geracional, amor e ódio, vingança e redenção e por aí vai.

Não é de admirar que ao menos uma parte dos alunos, principalmente por volta do Ensino Médio, considerem o estudo de Romeu e Julieta uma experiência tão gratificante. Mas, para aqueles que ainda não foram picados pelo bichinho da leitura, entender o impacto emocional da obra, bem como ele se aplica às suas próprias situações, pode ajudar com que se interessem por esse clássico da literatura mundial. 

Que tal algumas dicas para te ajudar nessa missão, professor?

Mostre que não se trata de uma realidade tão distante

Faça a leitura conectando o enredo aos problemas atuais, como os adolescentes engajados se preocupam em entender e combater temas como drogas, abuso, suicídio, sexismo e muito mais. Todos esses tópicos podem ser explorados por meio da história de Romeu e Julieta em uma discussão relacionada a um ou mais dos temas, talvez partindo de como eram vistos na época de Shakespeare em comparação com o agora. 

Vivenciem a história de Romeu e Julieta

Assistir a filmes pode ser um caminho, já que essa obra tem muitas adaptações com olhares variados para seu tema principal. Assistam em classe ou como dever de casa e debatam porquê cada diretor/roteirista destacou um ponto.

Mas, melhor ainda, pode ser criar um projeto prático e interpretar a trama. Aliás, uma coisa pode puxar a outra. Após assistirem e discutirem, os próprios alunos podem escrever uma peça com o que consideram mais relevante na obra. 

LEIA TAMBÉM: Ser ou não ser, eis a questão: o teatro como recurso pedagógico.

Que tal discutir o afeto na sociedade?

Esse é um tipo de conhecimento totalmente ignorado nos materiais didáticos para essa idade, mas o amor é algo que definitivamente deveria ser ensinado nas escolas. O  amor de Julieta e Romeu é cheio de nuances boas e especialmente ruins a respeito desse sentimento, portanto, vale ampliar as discussões e ouvir os estudantes sobre o que pensam a respeito.

PNLD 2021 e a história de Romeu e Julieta se encontram

O PNLD 2021, alinhado ao Novo Ensino Médio, vai definir o livro e material didático deste segmento. Já o Objeto 5, em atual processo de avaliação, é justamente para selecionar as obras literárias de Língua Portuguesa e/ou Inglesa destinadas aos estudantes e professores, que estarão em uso nas escolas pelos próximos três anos (de 2022 a 2024).

Na categoria Romance, a Editora do Brasil trouxe precisamente o encontro da história de Romeu e Julieta com as novas visões do Ensino Médio. Essa edição, em texto integral e linguagem atualizada, certamente encantará os jovens leitores. Com maestria, Fernando Nuno atualiza o clássico e convida todos a mergulharem nesta tragédia imortal, que inclui Material Digital do Professor e do Estudante.

Quer saber mais sobre e navegar pelo catálogo? Então acessa o site www.pnldensinomedio.editoradobrasil.com.br