Projetos Integradores: combinando STEAM com História e Geografia

22 de fevereiro de 2021


Para muitos professores de História e Geografia do Ensino Médio, pensar maneiras de inovar pode ser motivo de ansiedade, já que as ferramentas às quais têm acesso, sendo geralmente iguais, trazem os mesmos envolvimentos. Nesta demanda, os projetos integradores podem ser uma renovação sob medida para as diretrizes curriculares de cada sala de aula, região e comunidade escolar.

Dentro da atual edição do Programa Nacional do Livro e do Material Didático (PNLD), voltado para este segmento, esses componentes curriculares se encontram nas obras de projetos integradores, segmentadas por área do conhecimento. No caso, Ciências Humanas e Sociais Aplicadas, que engloba também Filosofia e Sociologia. Exatamente por esse enfoque, o trabalho é interdisciplinar e integrado que, por si só, já inova o processo de ensino-aprendizagem.

Onde se encaixa o STEAM?

Primeiro, houve o STEM. Nascido com o objetivo de mover a educação para além de disciplinas isoladas, era inicialmente uma abordagem integrada ligando Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática. Então, os educadores das Artes se envolveram e veio o STEAM, que hoje é uma ampla aplicação de conhecimentos e habilidades no mundo real. Usado para desenvolver projetos que abrangem todos os currículos e enfocam desde o passado até a sociedade moderna.

Dentro do PNLD 2021, ele é um dos temas integradores obrigatórios ao trabalho com os projetos integradores, aprovados no Objeto 1 do programa. Como tema integrador, o STEAM deve ser trabalhado a partir do ponto de vista de cada área de conhecimento, o que possibilita diferentes enfoques sobre os mesmos temas. Bem como estimular a criatividade dos estudantes para resolver problemas. A partir desse direcionamento, devem ser desenvolvidos projetos que articulem esses cinco campos de forma aplicada, além de trabalhar prioritariamente as competências 7 (argumentação), 1 (conhecimento) e 2 (pensamento científico, crítico e criativo) da BNCC.

PNLD 2021 na Editora do Brasil

A Editora do Brasil tem oito obras aprovadas no Objeto 1, do PNLD 2021. Dentre elas, duas envolvem o ensino de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas com projetos integradores: uma da coleção Conhecer e Transformar e a outra da coleção Integração e Protagonismo. Em ambas, há um grande incentivo à criatividade tanto do professor quanto dos seus estudantes e ao trabalho investigativo. Aprofundando diversas questões por meio de atividades que, ao final do processo, reunirão os conhecimentos necessários para a construção de um produto final significativo à comunidade.

Trabalho é energia

Dentro da obra de Conhecer e Transformar, um dos projetos reflete em especial os desdobramentos do STEAM para as disciplinas de História e Geografia. Intitulado “Trabalho é energia”, ele desenvolve o STEAM, tendo como produto final sugerido uma lâmpada de Moser. Como o objetivo deste tema integrador é formar indivíduos que tenham desenvoltura nas diferentes áreas de conhecimento e que saibam refletir de maneira crítica, autônoma, criativa e responsável, a articulação de áreas aparentemente distantes se justifica em um mundo que exige cada vez mais flexibilidade nos modos de pensar e agir.

A proposta do projeto é justamente permitir que os estudantes reflitam e relacionem habilidade e competências específicas de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas aos campos da sigla STEAM e tenham uma aprendizagem mais significativa. Nele, os temas sociedade, trabalho e energia são interligados para que a turma possa identificar e analisar seus processos em diferentes contextos históricos e geográficos, para assim refletir sobre a sociedade atual. 

Com base nesse conhecimento, eles deverão analisar um problema real – no caso a questão do consumo de energia elétrica – e, utilizando o pensamento criativo, propor uma solução para a comunidade do entorno da escola. Ao propor respostas acessíveis e sustentáveis, como a construção e o uso da lâmpada de Moser, os estudantes estão protagonizando uma intervenção efetiva na melhora da qualidade de vida de sua comunidade por meio de uma solução ambientalmente sustentável e economicamente viável. 

Construções sustentáveis

Em Integração e Protagonismo, o projeto “Construções sustentáveis” trabalha o STEAM aliado aos conhecimentos das Ciências Humanas e Sociais Aplicadas até a construção de um protótipo sustentável adequado ao ambiente em que se encontra a comunidade escolar. Durante o percurso, os estudantes partem de uma investigação, levantamento de dados e informações, passando pelo desenvolvimento de estratégias para compreensão e resolução dos problemas apresentados. 

No centro desse processo, os estudantes são protagonistas da própria aprendizagem e desenvolvem competências como argumentação com base em fatos, valorização de conhecimentos historicamente construídos, exercício da curiosidade intelectual e criatividade para resolução de problemas. Além de conhecer, por meio da pesquisa, a importância da sustentabilidade, bem como entender o conceito de construções sustentáveis, localizá-las ao redor do mundo e compreender a importância do coletivo para uma sociedade mais justa.

Quer saber mais sobre as obras de projetos integradores da Editora do Brasil? Acesse o nosso site sobre o PNLD 2021. Além de poder conferir a versão digital de cada unidade, também é possível baixar o Manual do Professor, conferir o mapeamento da BNCC, papo com os autores e muitos outros materiais de apoio!

Fonte: Edital Consolidado PNLD 2021 – 29/12/2020.