Quais são as ferramentas necessárias para implantar o Projeto Integrador?

14 de dezembro de 2020


O projeto integrador busca sistematizar os conhecimentos adquiridos pelos estudantes durante o decorrer do currículo acadêmico. Da mesma forma, oferece a possibilidade de vivência prática mediada por temas que permeiam conhecimentos de situações reais. Além disso, o projeto deve propiciar o contato com a estrutura de pensamento científico. No Ensino Médio, essa possibilidade tem especial repercussão, por ser a última etapa da Educação Básica e fase pré-universitária. 

Convergindo com esse pensamento, o Objeto 1, do PNLD 2021, submete à avaliação das escolas obras de Projetos Integradores, além de livros de Projeto de Vida. Segundo o edital do programa (versão de 28/out/2020), as obras de Projetos Integradores têm como objetivo tornar a aprendizagem mais concreta ao explicitar a ligação entre diferentes componentes curriculares e áreas do conhecimento, conectando estudantes a situações vivenciadas por eles em suas comunidades

Nesse sentido, os livros didáticos são as ferramentas multidisciplinares ideais para aplicação do trabalho com Projetos Integradores, uma vez que são capazes de motivar os discentes a pensar ativamente em circunstâncias desafiadoras e, ao mesmo tempo, ajudam a pensar melhor nos planos de aula.

Projetos Integradores contextualizam o mundo real

O trabalho com Projetos Integradores requer um planejamento intensivo, mas vale a pena, porque promove um grande envolvimento dos jovens e exige que usem habilidades essenciais, como pensamento crítico, criatividade, colaboração e comunicação. Fora que ele também é ideal para desenvolver uma cultura de aprendizagem e, quando há o cuidado de fomentar a capacidade do estudante de avaliar seu desempenho atual em relação às expectativas centrais, planejar e implementar estratégias para melhorar, o impacto em suas jornadas acadêmicas é muito maior. É fato que se os discentes possuem noção de sua própria aprendizagem, eles melhoram significativamente. 

A Editora do Brasil teve 7 obras de Projetos Integradores inscritas e submetidas à avaliação no PNLD 2021 – Objeto 1. Todas trazem possibilidades de projetos envolventes, que traçam o caminho passo a passo, mas não engessam o trabalho do professor, que pode ser dar seu toque pessoal aos conteúdos desenvolvidos em aula. Há uma preocupação de adentrar nas temáticas antes mesmo de iniciar os projetos. O objetivo é se certificar de que haja equidade no respeito ao conhecimento prévio dos estudantes e todos saibam como e para onde serão levados. 

O interessante é que as obras deixam bem delimitado o título do projeto, o tema integrador contemplado, o eixo estruturante e o produto final, assim como as competências e habilidades da BNCC são desenvolvidas ao longo do percurso. Todos os projetos apresentam uma contextualização, com uma definição clara de seus objetivos e justificativas. Tanto para que o professor saiba se localizar, como para situar sua turma. Os roteiros sempre explicitam os materiais necessários, que buscam ser coisas mais palpáveis no dia a dia escolar.

Grandes projetos podem definir um ano e transformar vidas! Eles desenvolvem não apenas conhecimento, mas também atitudes e valores, constituindo uma etapa crucial para uma formação integral. Conheça as coleções de Projetos Integradores da Editora do Brasil inscritas no programa e saiba como cada uma tem muito a acrescentar a sua escola!

Por que escolher as obras da Editora do Brasil