Qual a importância do livro didático?

22 de fevereiro de 2022


No Brasil, 27 de fevereiro é o Dia Nacional do Livro Didático. Oportunidade para celebrar a potência deste recurso educacional para a sala de aula, estabelecido pela Unesco como o “suporte mais fácil de manejar e mais econômico”. Você já parou para pensar na importância do livro didático para todo o processo de ensino-aprendizagem? Em nosso país, por exemplo, consagrou-se como a forma de aprender mais utilizada nas escolas. 

A importância do livro didático

Qual o objetivo do livro didático? Fornecer informação e conhecimento, de múltiplos pontos de vista. Para citar alguns: ideológicos, científicos, históricos, linguísticos. A importância do livro didático é vista na sua função de ajudar o aluno a perceber e compreender o mundo ao seu redor, a reunir o conhecimento adquirido de outras fontes que não o currículo e a dominar o que aprendeu.

O livro didático propõe um caminho de aprendizagem que é estruturado em blocos sucessivos de módulos de ensino. Fornece uma série de opções para a organização de aprendizagem e, assim, é um importantíssimo instrumento de trabalho para professores e estudantes. A natureza do livro didático como ferramenta de comunicação é outro ponto fundamental, determinado pela linguagem empregada, pela quantidade e nível de informação, pelo texto e pelas relações entre esses aspectos. 

LEIA TAMBÉM: Trabalhando com tirinhas e charges na escola

A aprendizagem não acontece no vácuo

É essencial orientar os alunos para objetivos de aprendizagem específicos e garantir que esses objetivos sejam atendidos. Dessa forma, a importância do livro didático também é observada em sua capacidade de auxiliar tanto os professores, quanto os alunos. No processo de ensino-aprendizagem, os livros fornecem a estrutura básica dentro da qual grande parte da atividade em sala de aula ocorre, além de oferecer a cada criança a melhor oportunidade de aprendizado disponível.

Um livro didático pode ser tão bom quanto o professor que o usa. Mas é necessário se lembrar de que ele é apenas uma ferramenta que, apesar de muito importante, não é limitadora de seu arsenal de ensino. Como professor, você precisará tomar muitas decisões, e uma delas é como você deseja usar o livro didático. Ele é seu amigo e, com vocês juntos, a sala de aula só tem a ganhar!