Recesso escolar 2022: descanso para alunos e professores

20 de dezembro de 2022


As férias finalmente chegaram! Depois de um ano letivo atarefado, cheio de compromissos, trabalhos para colocar em dia e planejamento para o próximo semestre, professores e alunos podem curtir o recesso escolar.

 

Como funciona o recesso escolar para professores?

Professor/a, é primordial utilizar esse fim do ano letivo para nutrir a saúde física e mental, olhar para o próprio bem-estar e reservar um tempo para recarregar as energias para o início do ano letivo de 2023. O cérebro tem sua capacidade cognitiva comprometida ao ficar cansado e existem estudos explorando a importância dos professores se desligarem do trabalho.

Uma pesquisa de 2015, realizada na Universidade de Londres, descobriu que as férias desempenham um papel vital na prevenção do esgotamento e exaustão dos professores. Os resultados apontaram que o intervalo permite que os recursos de energia emocional e a saúde psicológica sejam restaurados. Da mesma forma, os professores que não conseguem parar de se preocupar com o trabalho durante o recesso escolar, têm menos probabilidade de se recuperar verdadeiramente das demandas do fim do ano letivo.

A pesquisa mostrou que há três “necessidades psicológicas básicas” que os professores precisam satisfazer durante o recesso escolar para obter níveis mais elevados de saúde: senso de competência, autonomia e sentimento de conexão com outras pessoas.

Que tal pensar em trabalhar isso nas suas férias, professor/a?

 

Como para alguns pode ser mais fácil falar do que fazer, separamos dicas para focar na hora de cuidar de si durante o período de descanso!

1.Durma bem:

É muito importante dormir bem para manter a saúde mental regulada e as férias são um bom momento para estabelecer uma boa rotina de sono. Assim, quando retornar ao período letivo, será mais fácil garantir que tudo siga bem.

Algumas atividades de relaxamento também podem ser incluídas na rotina: tomar um banho antes de dormir, meditar ou fazer exercícios respiratórios, anotar as preocupações antes de deitar ou mesmo criar uma lista de tarefas para o dia seguinte. A ideia é dar o aviso ao cérebro de que está tudo sob controle e ele pode desligar tranquilo. Além disso, é recomendado não acessar o celular pelo menos 30 minutos antes de dormir. Troque isso por uma leitura!

2. Atenção ao estresse e ansiedade

É importante identificar quando você está se sentindo ansioso/a ou estressado/a. Saber os gatilhos ajuda a encontrar o controle da situação. Aproveite o recesso escolar para pensar sobre isso, listar o que precisa ser evitado e até mesmo buscar apoio profissional.

Inspirar profundamente por quatro segundos, segurar por três, expirar por quatro e repetir isso algumas vezes ajuda a retomar a calma. Aproveitar as férias para desconectar, passar algum tempo na natureza ou mesmo fazer uma rápida caminhada ao redor do quarteirão também pode ajudar a acalmar o corpo e limpar a mente.

3. Sem culpa na hora de descansar

Você se lembra da última vez que descobriu um hobbie? Tire um tempo para tentar algo novo. Pode ser panificação, artesanato, dança, ciclismo ou o que te faça feliz. Esta prática te tornará mais produtivo e paciente quando voltar ao trabalho. 

Ser um/a professor/a dedicado/a é ótimo, mas lembre-se, você também deve cuidar de si mesmo para ser o melhor possível. É o que os seus alunos precisam.