Dia do Amigo: como trabalhar amizade em sala de aula?

22 de julho de 2022


Saber como trabalhar amizade em sala de aula é uma habilidade capaz de transformar o dia a dia do professor, que no lugar de problematizar as conversinhas e interações, as usará em seu favor.

Ajudar a fundamentar amizades não apenas fornecerá a base para um ambiente mais harmonioso, como também ajudará os estudantes a desenvolver grandes habilidades sociais e de comunicação que continuarão a usar ao longo de suas vidas.

Qual a importância da amizade?

Fazer amigos é uma habilidade importante para a vida e começa cedo. Os bebês iniciam as relações sociais com os pais e cuidadores por meio de cuidados amorosos e responsivos. Mais tarde, exploram interações cara a cara por meio de regras e rotinas simples de grupo. Na escola começam a aplicar o que aprenderam para desenvolver relacionamentos mais complexos por meio de brincadeiras cooperativas e dramáticas.

A lógica vai se alterando a cada novo ano de vida e é importante ter amizades em todas as idades, mas fazer e mantê-las em seus anos de formação tem o poder de moldar como os futuros adultos verão a amizade mais tarde na vida, assim como, de ajudar a gerenciar as expectativas com relação a outras pessoas.

Experiências com amizade desde tenra idade também ajudam as crianças a lidar com o conflito e a diversidade, a entender o que é uma ‘amizade saudável’ e como as pessoas podem apoiar e confiar umas nas outras.

Inclusive, estudos mostraram que crianças sem amigos são mais emocionalmente angustiadas e obtêm notas mais baixas na escola. Da mesma forma, sabe-se que crianças envolvidas em amizade com outras crianças têm melhor autoestima, graças ao fato de  receberem feedback positivo e validação de seus pares.

Por isso, saber como trabalhar amizade em sala de aula pode ser transformador ao permitir um espaço para falar de esperanças, medos e sonhos, algo tão necessário após os anos de distanciamento social, isolamento e solidão.

Quais são boas atividades relacionadas a amizade?

Conheça seus alunos

Quando você conhece sua turma e seus interesses, é capaz de estabelecer mais conexões entre eles. Tente usar questionários de alunos e familiares para saber mais sobre os pontos fortes, interesses e desafios de cada um.

Misture os alunos estrategicamente

Use o trabalho em grupo como uma chance de promover amizades, mas tente distribuir os pares que tenham interesses semelhantes (em vez de habilidades acadêmicas). Ao juntar, pense em como podem usar seus pontos fortes e apoiar uns aos outros.

Dê responsabilidades 

Ao ter papéis de liderança na sala de aula, eles têm mais chances de interagir com seus colegas. Também mostra que você confia nos alunos com responsabilidades importantes.

Combata o bullying 

O bullying é um problema crônico e deve ser combatido falando claramente sobre ele. Para isso, incentive o respeito às diferenças, explique, fundamente e não deixe casos sem solução. Isso pode ser feito por meio de atividades interativas que tornem o assunto vivencial e não só teórico e distante. 

Crie um clube do livro

Ler é o melhor remédio para variadas necessidades, inclusive para descobrir e manter melhores amigos. Um clube do livro pode ser adaptado a todos os segmentos e proporcionar encontros divertidos de aprendizado interpessoal. 

Que tal investir em um para sua sala de aula? No nosso site você encontra uma longa lista de obras que podem servir para esses fundamentar esses momentos, como: